Saúde

Qual a importância da vitamina D para o organismo?

Você já verificou como está o nível de vitamina D no seu organismo? A vitamina D é essencial para que nosso corpo absorva o cálcio, responsável por fortalecer e proteger os nossos ossos  e evitar doenças como a osteoporose. Além disso, a vitamina D atua também no intestino e nos rins.

A vitamina D pode ser adquirida por meio da alimentação, através do consumo de peixes gordurosos como sardinha, atum, salmão e bacalhau. O problema é que esses não são alimentos que consumimos diariamente. Outros alimentos como ovos, queijos e cogumelos também contém vitamina D, porém em uma quantidade muito menor. Geralmente, mesmo ingerindo alimentos que contém a vitamina D, não conseguimos suprir as necessidades do nosso corpo.

Como fazer então para repor toda a quantidade de vitamina D que o nosso organismo precisa? A resposta é simples: basta tomar sol. Isso mesmo! A exposição à luz solar faz com que a pele produza vitamina D, na verdade ela é responsável pela produção de 80% a 90% de vitamina D no nosso corpo.

É importante atentar-se aos horários mais seguros para realizar essa exposição. O ideal é aproveitar o sol antes das 10h ou após as 14h, pois nestes horários há menor incidência de raios UVB. Para obter melhor resultado, exponha braços e pernas e proteja o rosto e o colo. Bastam de 15 a 30 minutos por dia sem o uso de protetor solar. Após esse período, se você está na praia por exemplo, proteja sua pele.

A vida em ambientes urbanos dificulta a reposição de vitamina D pelo organismo. Isso acontece porque as pessoas passam muito tempo em ambientes fechados (trabalho, casa, escolas) e acabam se expondo pouco ao sol. Além disso, há mais nuvens e poluição do ar, uso constante de protetores solares, roupas maiores, que cobrem a maior parte do corpo.

Curiosidades

Para que ocorra a produção de vitamina D é necessário que a luz solar chegue diretamente à pele. Não pode haver nenhum tipo de filtro, como vidros.

Peles mais claras produzem vitamina D mais rapidamente, pois não possuem muita melanina, que funciona como uma barreira para a penetração da luz solar. Peles morenas ou negras podem levar até quatro vezes mais tempo para iniciar a mesma produção.

Peles mais jovens também produzem vitamina D como mais facilidade. Pessoas mais idosas, geralmente, precisam tomar suplementos de vitamina D para auxiliar nesta produção pois possuem quatro vezes menos capacidade de produzir a vitamina do que pessoas mais jovens.

A vitamina D é produzida na pele mediante exposição à luz do sol. As fontes de vitamina D nos alimentos são bastante limitadas, sendo que pequenas quantidades também são encontradas principalmente em peixes gordos e ovos.

Falta da vitamina

A deficiência de vitamina D no organismo pode favorecer o aparecimento de algumas doenças como: problemas cardíacos, osteoporose, gripes e resfriado, e doenças autoimunes como esclerose múltipla e diabetes tipo 1, entre outras. Estudos mostram ainda que a falta de vitamina D em mulheres grávidas poder aumenta o risco de aborto e pré-eclâmpsia.

Quanto antes você identificar essa deficiência, mais cedo conseguirá repor a vitamina e evitar problemas futuros.

Em adultos, os sintomas da falta de vitamina D podem ser muito discretos, quase imperceptíveis ou difíceis de serem notados. Alguns desses sintomas são: cansaço, dor ou falta de equilíbrio, redução do cálcio e do fósforo no sangue, fraqueza muscular, entre outros.

Gostou de saber mais sobre a vitamina D e sua importância para o organismo? Assine a nossa newsletter e receba mais informações sobre saúde, bem-estar e beleza.

Comentários
Compartilhe nas redes sociais:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *